Thursday 15 November 2018
Home      All news      Contact us      English
diariodigital - 7 days ago

Football ISM: a plataforma portuguesa que vai revolucionar a gestão desportiva mundial

A tecnologia começa a estar em quase tudo o que tem a ver com o futebol. Além dos equipamentos, fabricados com os melhores materiais e com a mais alta tecnologia para permitir melhores performances aos jogadores, fora dos relvados os técnicos dispõem das mais variadas soluções para preparar o trabalho do dia-a-dia, assim como os próximos jogos.Na maior parte dos casos as ferramentas estão soltas , com cada departamento a trabalhar com os seus dados sobre jogadores, treinos, jogadores adversários, potenciais alvos de contratações, entre outros. Reunir toda essa gestão numa único sítio é o objetivo da Football ISM , uma plataforma portuguesa desenvolvida pela empresa agap2IT .Tudo começou há cerca de seis anos, na Academia do Sporting, quando Pedro Mil-Homens, atual diretor da Academia do Benfica na Seixal (na altura era diretor da Academia dos Leões ) sentiu a necessidade de juntar observações e dados numa só base de informação, atualizada ao minuto e de forma acessível. O Sporting foi o cliente pioneiro, num projeto que depois tornou-se num produto, hoje em dia em franca expansão. Além das equipas principais de futebol masculino e feminino do Sporting, toda a gestão dos escalões de formação do clube leonino é feita com esta plataforma. O Football ISM diferencia-se das outros plataformas tecnológicas do mundo do desporto, porque as outras estão muito viradas para as áreas técnica, de treino, e também de scouting. Nós conseguimos abranger mais áreas: vamos desde departamentos como a parte das instalações, gestão de campos, quartos, salas, gestão de equipamentos desportivos e outros produtos que podem ser geridos através da plataforma (onde estão os equipamentos, que uso têm, etc). Temos outras áreas como a parte médica, nutrição, onde fazemos a avaliação nutricional e física dos atletas, como pesagem, perímetro abdominal. E temos as áreas principais, que são técnica e o scouting , explica-nos Carlos Valentim, Product Manager da Football ISM.Presentes na Web Summit, a plataforma tem atraído os olhares de curiosos que se interessam pelo mundo do futebol e não só. No segundo dia da cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo que termina esta sexta-feira em Lisboa, o stand da O Football ISM recebeu um convidado especial. [Na terça-feira] esteve aqui o André Villas-Boas que fez perguntas muito específicas sobre a área técnica, explicou-nos qual a ferramenta que estava a usar e as dificuldades que tinha e que aqui, com a Football ISM , se calhar, conseguiria gerir melhor essa parte. Foi um bom feedback para nós , conta Carlos Valentim.Antes do treino, o treinador já sabe como dormiram os seus jogadoresEsta é a única plataforma tecnológica do mercado capaz de analisar de forma detalhada e transversal: o “scouting”, o recrutamento, a avaliação de treino e a competição, a gestão de instalações e equipamentos e a componente médica, nutricional e jurídica num ambiente totalmente integrado.A recolha e apresentação da informação permite, por exemplo, aos treinadores saber, antes de cada treino, o estado físico e psicológico de cada atleta, podendo desenvolver unidades de treino específico para cada caso. Com a gestão de toda esta informação, conseguimos ter alguns ecrãs onde juntamos a informação que é uma mais-valia para quem está um pouco mais acima na hierarquia dos clubes, conseguir analisar e decidir mais rapidamente o que é preciso fazer em cada caso. Conseguimos mostrar, para cada jogador, o seu bem-estar diário. O jogador tem uma aplicação onde de manhã diz como se sente, como dormiu, quantas horas dormiu, ou pode passar essa informação a alguém do clube que pode falar com o jogador antes do treino e preencher na aplicação informações sobre o seu bem-estar. Quando o treinador chega para dar o treino, já tem informação sobre cada jogador, podendo assim adaptar unidades de treino para cada atleta, de acordo com a sua disposição física. É ainda mostrada ao treinador informação sobre a parte nutricional, como peso, gordura, a parte de treino, como por exemplo que tipo de exercício foi feito durante a semana. E isto serve também para ajudar na prevenção de lesões, porque temos informações sobre risco de lesões do jogador. Temos ainda informações sobre a intensidade do treino, intensidade de jogo, etc , explica o Product Manager da Football ISM.Preços adaptados à realidade de cada clube da LigaApesar da mais-valia desta ferramenta, nem todos os clubes parecem convencidos. Todos os clubes da Primeira e Segunda Ligas em Portugal são profissionais mas muitos são os que ainda trabalham com métodos mais amadores, antigos, e são menos propensos a abraçar as novas tecnologias.Nascido como produto há cerca de um ano e meio, o Football ISM conta atualmente com apenas dez clientes em Portugal, entre eles o Sporting e um emblema do Campeonato Nacional de Seniores. Nesta altura a equipa da agap2IT está a apresentar o projeto lá fora, em vários mercados, como o nórdico e ainda o mercado africano. Recentemente a empresa assinou um parcerias com duas academias na Nigéria: a do Barcelona e a do Southampton, sendo que a dos espanhóis tem cerca de 730 atletas, onde toda a informação sobre os jogadores mas também a Academia seria gerida pela Football ISM .A empresa assinou uma parceria com a Liga de Clubes, onde foi desenvolvido preços diferentes para clubes da Primeira e Segunda Ligas. O valor de uma subscrição mensal é de acordo com o orçamento de cada SAD. Quanto mais pequeno o clube, menor o preço a pagar. Os valores vão desde os 500 euros por mês no pacote mais básico até quatro mil euros no pacote mais alto, com tudo o que a ferramenta dispõe , explica-nos Filipe Esteves, director da agap2IT .A nova fornada de treinadores saídos das universidades, mais habituados às novas tecnologias são os principais alvos desta ferramenta. Os alunos do mestrado em Treino Desportivo na Escola Superior de Desporto de Rio Maior, já estão a utilizar esta plataforma para simular a gestão de uma equipa de futebol. Cada aluno terá uma equipa virtual onde cria unidades de treino, esqumas de treino, fichas de jogo, etc, usando a Football ISM . A perspectiva de crescimento é a melhor. Se já estamos a apostar em ter esta tecnologia nas universidades, os futuros treinadores já vão sair de lá a saber trabalhar com a ferramenta. É mais difícil para os treinadores mais antigos, habituados a trabalhar de outra forma, é sempre difícil para eles começar a usar uma ferramenta deste género , explica Carlos Valentim.Uma plataforma virada para o jogadorAlém das informações sobre a área técnica e o scouting, a Football ISM também está virada para o futebol de formação. A ferramenta permite acompanhar a vertente académica e psicológica dos jovens atletas, com relatórios psicológicos periódicos onde é possível ver a evolução dos jogadores e a forma como reagem à fama, à gestão.A Web Summit, cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo Web Summit nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa, devendo permanecer até 2028 na Altice Arena (antigo Meo Arena) e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), em Lisboa.Nesta terceira edição do evento em Portugal são esperados cerca de 70 mil participantes de mais de 170 países.

Related news

Latest News
Hashtags:   

Football

 | 

plataforma

 | 

portuguesa

 | 

vai revolucionar a

 | 

gestão

 | 

desportiva

 | 

mundial

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources