Thursday 9 July 2020
Home      All news      Contact us      English
EXPRESSO - 1 month ago

“Antes da pandemia já assumíamos sempre que cada cliente podia ter uma doença infectocontagiosa”: o regresso das tatuagens

Desde sempre que sabem como se trabalha com o sangue: usam agulhas e tintas, sempre puseram a máscara e gastavam vários pares de luvas descartáveis (a diferença é que agora as máscaras e as luvas estão muito mais caras). A pandemia obrigou-os a parar três meses e o Governo só os deixou regressar esta segunda-feira - eles acham que devia ter sido mais cedo. Por isso têm queixas a fazer mas há o alívio de estarem de volta. Motivados. Mas também apreensivos


Latest News
Hashtags:   

“Antes

 | 

pandemia já

 | 

assumíamos

 | 

sempre

 | 

cliente

 | 

podia

 | 

doença

 | 

infectocontagiosa”

 | 

regresso

 | 

tatuagens

 | 
Most Popular (6 hours)

Most Popular (24 hours)

Most Popular (a week)

Sources