Monday 28 September 2020
Home      All news      Contact us      RSS      English
diariodigital - 2 month ago

Foram oito (!) de um arrasador, avassalador, demolidor Bayern! Bávaros goleiam Barcelona e estão nas meias

Goleada histórica no Estádio da Luz! O Bayern de Munique está nas meias-finais da Liga dos Campeões depois de destruir por completo o Barcelona ao vencer por 8-2, sim, leu bem, oito-dois. Muller (x2), Perisic, Gnabry, Kimmich, Lewandowski e Philippe Coutinho (x2) fizeram os golos bávaros. Alaba, na própria baliza, e Suárez apontaram os dois tentos dos catalães.Era difícil pedir um melhor começo de jogo no Estádio da Luz, se bem que não é de estranhar quando olhamos para os pergaminhos das duas equipas que entre si dividem dez Ligas dos Campeões.O Barcelona foi a primeira a criar perigo aos três minutos quando Sergi Roberto, pela direita faz um cruzamento rasteiro que Neuer impediu que chegasse a Suárez.Depois do aviso blaugrana , o Bayern nem avisou e foi direto ao golo. Grande jogada dos alemães, com Perisic segue pela esquerda, passa para Muller que tabelou com Lewandowski para o tento do avançado alemão aos quatro minutos de jogo.O jogo estava bom e recomendava-se, mesmo sem termos chegado aos 10 minutos e melhor ficou quando voltou à estaca zero, com mais um golo do Bayern... na baliza errada.Jogada de ataque do Barça , com Jordi Alba a cruzar à esquerda para a grande área e Alaba, na tentativa de cortar o esférico acaba por fazer uma chapelada a Neuer colocando a bola na própria baliza aos sete minutos.O Barcelona ficou perto de se colocar em vantagem aos 10 minutos, quando aquilo que era um cruzamento de Messi acabou por ser um quase golo, com a bola a não ser desviada por ninguém e a embater caprichosamente no poste da baliza de Neuer que ficou o ver navios.Muito jogo, muita pressão por parte das duas equipas no relvado da Luz que voltava a ver um golo, 14 minutos depois e de novo dos bávaros. Perda de bola da defesa catalã, aproveitado da melhor forma pelo Bayern, com a bola a acabar nos pés de Perisic que, com uma bomba, assinou o 2-1 aos 21 minutos.O Bayern voltava a ficar em vantagem e continuava a aumentar na pressão a um Barcelona desconcentrado, sem saber como reagir ao impulso bávaro. E sem saber reagir, voltou a sofrer, desta vez dois de seguida.Primeiro aos 27 , com Gnabry, após um grande passe de Lenglet, a bater Ter Stegen.Quatro minutos depois - e com um aviso dos bávaros pelo meio - Muller assinou o quarto após cruzamento de Kimmich.Começava a cheirar a goleada, com um Bayern de Munique com a pica toda e um Barcelona encostado às cordas e a implorar pelo intervalo para respirar.O marcador não mexeu e o intervalo chegava por fim para o Barcelona que tinha acabado de fazer algo inédito na sua história na Champions: os blaugrana sofreram quatro golos numa primeira parte da Liga dos Campeões pela primeira vez.Setien lançou Griezmann, que começou no banco, para o segundo tempo de jogo, enquanto Flick não mexia na equipa, uma vez que o conjunto bávaro fez quase tudo bem nos primeiros 45 minutos, à exceção do autogolo de Alaba.O jogo recomeçou e a pressão bávara mantinha-se e Lewandowski ainda colocou a bola no fundo da baliza de Ter Stegen, mas o lance foi invalidado por fora de jogo aos 53 minutos.O Barcelona tentava responder como podia e chegar ao golo que desse algum oxigénio para relançar a partida, que acabou por surgir aos 57 minutos. Jordi Alba cruzou para Luis Suárez que, depois de tirar um adversário do caminho, reduziu para 2-4.Os catalães voltavam a acreditar numa fase em que o jogo começou a ficar mais duro, com mais faltas e mais paragens. Até que surge... Alphonso Davies.É difícil de descrever a jogada do jovem canadiense, mas vamos tentar: Davies segue pela esquerda, dá o nó a Nélson Semedo, deixando o português para trás, invadindo a grande área catalã, batendo toda a defesa adversária terminando num passe para Kimmich que assinou o 5-2, uma manita para o Bayern.Mesmo com cinco golos marcados, o Bayern não tirava o pé do acelerador e ia sufocando o Barcelona. Iam valendo as intervenções de Ter Stegen, mas o alemão não conseguiu evitar o inevitável: um golo de Lewandowski.Cruzamento de Coutinho e cabeceamento do polaco que aumenta a conta pessoal na Champions aos 82 minutos.Mas o jogo ainda não tinha acabado e depois de assistir, Philippe Coutinho rematou para o 7(!)-2


Latest News
Hashtags:   

Foram

 | 

arrasador

 | 

avassalador

 | 

demolidor

 | 

Bayern

 | 

Bávaros

 | 

goleiam

 | 

Barcelona

 | 

estão

 | 

meias

 | 

Sources