Thursday 15 April 2021
Home      All news      Contact us      RSS      English
diariodigital - 2 month ago

A mensagem de Iturriza para Quintana: Vou cuidar dos teus amores

O andebolista luso-cubano Victor Iturriza disse que a “vida fará muito menos sentido” sem o “irmão” Alfredo Quintana, que morreu hoje, aos 32 anos, um sentimento partilhado pelos companheiros de equipa do FC Porto.“Não consigo colocar em palavras aquilo que sinto neste momento, tampouco tudo o que representaste para mim. Como se despede de um irmão? De um companheiro de lutas? De um amigo de todas as horas? A vida fará muito menos sentido sem ti para partilhá-la, mas podes ter a certeza que cá continuaremos a honrar a tua memória”, escreveu pivô dos ‘dragões’, na rede social Instagram.Iturriza, que tal como Quintana, também é de origem cubana, promete cumprir a promessa que fez ao malogrado guardião dos ‘azuis e brancos’ e da seleção portuguesa: “Estejas onde estiveres, eu vou cuidar dos teus amores. Enquanto aqui estiver nada lhes faltará, meu irmão!”.Também Alexis Borges, outro pivô nascido em Cuba e naturalizado português, foi companheiro de Quintana nos ‘dragões’ e “ainda nem acredita nesta notícia tão dura”, garantindo que “nunca será esquecido”.Um dos rivais na baliza portista, o macedónio Nicola Mitrevski, recorreu igualmente à mesma rede social para se despedir do “grande e eterno 1”, agradecendo “por tudo”, enquanto o ‘adversário’ de posição na seleção das ‘quinas’ Humberto Gomes colocou uma imagem de Quintana na foto capa no Facebook.O central Miguel Martins garante que o “melhor guarda-redes do mundo vai ter um lugar muito especial no seu coração e o lateral André Gomes salientou que o “parque de diversões continua”.“Vais ter sempre um lugar muito especial no meu coração! Essa tua energia e a forma de encarar os desafios, sempre com positivismo, vai contagiar-me sempre e para sempre! Como te costumava dizer, vais ser sempre o melhor guarda-redes do mundo!”, recordou Miguel Martins.André Gomes acredita que “nada mudou” e justifica o porquê: “O parque de diversões continua. A montanha-russa sempre acaba, por maior que seja. Encontramo-nos na roda gigante. Seguimos intemporais”.Alfredo Quintana morreu hoje, aos 32 anos, após sofrer uma paragem cardiorrespiratória na segunda-feira, durante o treino dos ‘azuis e brancos’, ao serviço dos quais conquistou seis campeonatos, uma Taça e duas Supertaças.Quintana, que completava 33 anos em 20 de março, foi assistido de imediato, com apoio de uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), tendo sido transportado para o Hospital de São João depois de estabilizado.Nascido em Havana (Cuba), o guarda-redes, de 2,01 metros, ingressou no FC Porto em 2010, naturalizou-se português e tornou-se internacional em 2014, tornando-se numa referência da equipa das ‘quinas’, que representou em 67 jogos, tendo feito parte das seleções que conquistaram o sexto lugar no Europeu de 2020 e o 10.º no Mundial 2021, as melhores classificações lusas de sempre.


Latest News
Hashtags:   

mensagem

 | 

Iturriza

 | 

Quintana

 | 

cuidar

 | 

amores

 | 

Sources