Monday 10 May 2021
Home      All news      Contact us      RSS      English
expresso - 16 days ago

25 de Abril de 1974. O preço de um cravo e de um café no tempo da Revolução (e quanto seria agora)

Fernanda, dona de uma loja de flores com o seu nome, vende três ou quatro molhos de cravos por semana durante o ano: Só um é que é vermelho, no resto do ano ninguém quer comprar cravos vermelhos. Mas nesta altura toda a gente quer, já tenho encomendas para 80 molhos de cravos vermelhos, e o fornecedor avisou que não arranja mais, apesar de eu os estar a pagar mais caros do que os vendo no resto do ano. Os cravos são flores nacionais, os meus vêm do Montijo. Já as rosas que tenho na minha loja vêm do Equador . Quanto ao preço, vamos ‘comparar’ o custo de um cravo com o do café, e tentar perceber qual deles subiu mais em 47 anos


Latest News
Hashtags:   

Abril

 | 

preço

 | 

cravo

 | 

tempo

 | 

Revolução

 | 

quanto

 | 

seria

 | 

agora

 | 

Sources